resolução de conflitos Tourist 72 horas.

 

O Provedor de Justiça Tourist assinaram hoje um acordo interno com o Conselho de Mediação, Conciliação e Arbitragem do Provedor de Justiça da Cidade de Buenos Aires, a fim de dar ao turista um procedimento de resolução de conflitos expressa. Através do acordo, todos os problemas relacionados com o turismo e, por motivos temporários não podem esperar os prazos comuns, Eles serão geridos no prazo máximo de setenta e duas horas de negócios.

 

O acordo foi assinado pelo Dr.. Carlos Palmiotti, Vice-Provedor de Justiça do Provedor de Justiça de CABA, e Dr.. Cintia de Bruno, Condução Director Executivo dos Direitos turísticos, Dra. Nora Cattaneo e Dr. Gustavo Murano, Diretor e Coordenador do Conselho de Mediação, Reconciliação e arbitragem respectivamente.

 

 

procedimentos de mediação e de conciliação judicial são adequados para orientar disputas turísticas com fornecedores no destino, resolver situações de conflito durante a sua estadia através de uma ferramenta, informal, gratuito e confidencial.

 

Para alcançar tal eficiência, o Provedor de Justiça do turista e do Conselho de Conciliação e Arbitragem fortalecer as redes de comunicação para espalhar, promover e trazer este procedimento para turistas.

 

Através deste acordo tenta priorizar imediatismo e rápida resolução de conflitos turistas, de modo que eles podem ser resolvidos dentro do período de sua estadia e melhorar a sua experiência de viagem na Cidade.