A Ouvidoria do Turismo junto com a Associação de Hotéis de Turismo da República Argentina trabalharão juntos para a pronta recuperação da atividade turística

O Provedor de Justiça do Turismo de Buenos Aires reuniu-se, el 27 de agosto, junto com as novas autoridades da Associação de Hotéis de Turismo da República Argentina (AHT) projetar como será o caminho a seguir para promover a reativação do setor turístico e começar a delinear o “novo normal” e o turismo pós-pandêmico. Sem sombra de dúvida, O impacto sem precedentes do Coronavirus na indústria do turismo requer a cooperação e o trabalho conjunto de todos.

Roberto Brizuela participou do encontro, vice-presidente da AHT; Luciana Bartolomé, coordenador do AHT Buenos Aires; Daniela Finocchiaro, representando hotéis mais verdes; Dr.. Carlos A. Palmiotti, Vice-Provedor de Justiça; Dra. Cintia de Bruno, Diretor da Direção Executiva dos Direitos do Turista; e Giselle Negri, da equipe do Ombudsman também.

Ambas as instituições analisaram em conjunto a execução atual e futura do protocolo de abertura de alojamento não turístico aprovado pelo Conselho de Turismo da Cidade de Buenos Aires.

Por outro lado, As autoridades da Ouvidoria de Turismo discutiram os casos recebidos com tendência a conflitos com reservas de hotéis feitas em tempos de pandemia e as respostas dadas aos afetados. Desse modo, todos os participantes da reunião concordaram com a necessidade de criar novas modalidades de contratação, entre elas, a flexibilidade das reservas, e a obrigação de contratar seguro de viagem. também, houve um diálogo sobre a Lei de Simplificação Regulatória aprovada pela Assembleia Legislativa de Buenos Aires, mais especificamente a revogação do Livro Sanitário.

finalmente, Foi acordado que o Ombudsman do Turismo forneceria treinamento virtual para todos os membros do AHT, sobre o trabalho da organização e sua experiência diante dos conflitos que surgem entre turistas e hoteleiros.