acordo de colaboração Quadro entre o Provedor de Justiça da CABA e do Ministério Público da CABA

O Provedor de Justiça da Cidade Autônoma de Buenos Aires representado pelo Provedor de Justiça da Cidade Autônoma de Buenos Aires, Dr. Alejandro amor com o Ministério Público da Cidade de Buenos Aires, pelo Sr.. Procurador-Geral, Dr. Martin Ocampo assinaram um acordo-quadro de cooperação entre o Provedor de CABA eo Ministério Público do dia CABA 7 Pode, no estande 1602 Feira Internacional do Livro.

Mariin procurador Ocampo Amor e defensor Alejandro assinatura do acordo

Dr. Martin Ocampo e Dr.Alejandro Amor assinatura do Acordo de Cooperação

Nesse acordo compromissos restritivamente estabelecidos das partes para propender conjuntamente a proteção do direito de acesso a migração e os migrantes nas mesmas condições de protecção e abrigo que nacional, e promoção, proteger e promover esses direitos.

O acordo é um interesse de ambas as partes se envolver em atividades conjuntas para atingir a melhoria do sistema de justiça, bem como, dar aos cidadãos métodos alternativos de resolução de conflitos.

Dr. Martin Ocampo e Dr.Alejandro Amor no stand do Provedor de Justiça

Dr. Martin Ocampo e Dr.Alejandro Amor no stand 1602

Uma vez que o MPF eo Provedor de Justiça CABA têm capacidade institucional e administrativa suficiente para gerar canais de desvio mútuo. Ambos os representantes manifestaram a importância de coordenar os esforços de ambas as partes, com a intenção de desenvolver atividades de colaboração institucionais para benefício mútuo.

O titular Provedor de Justiça Pueblo manifestou a intenção de abrir outros escritórios em conjunto, enquanto o Procurador-Geral explicou que este acordo é crucial porque os vizinhos precisam que o Estado está presente e para canalizar os problemas ou iniciativas que resolvam seus problemas e as suas preocupações.

Finalmente, o Provedor de Justiça Adjunto disse CABA “Vizinhos precisam de uma cidade mais justa, mais justa e solidária”.